Tendências: Agilidade de aprendizagem, o novo preditor de talentos de alto potencial

O emprego que tem hoje pode não existir no futuro. O talento que faz de si um profissional a pedido hoje pode ser esquecido dentro de alguns anos. O contexto de mudança e velocidade em que vivemos, a irrupção da inteligência artificial nas nossas vidas, e a permanente interligação global tornam mais do que nunca necessário actualizar constantemente o nosso talento. As organizações já não procuram títulos, ou uma vasta experiência em trabalhos específicos, procuram pessoas capazes de aprender de uma forma ágil e contínua, versátil, tipo camaleão, com adaptabilidade e flexibilidade psicológica.

Agilidade de aprendizagem é a capacidade de aprender de forma ágil, permanente e adaptada ao que cada situação exige. Significa saber o que fazer e como fazê-lo em todos os momentos, dando a resposta certa, operando num modo óptimo constante. Agilidade na aprendizagem significa aprendizagem fácil, rápida, e numa variedade de situações diferentes.

Um dos precursores da ideia por detrás da aprendizagem ágil é Robert Sternberg com a sua definição de inteligência tripla e bem sucedida. Hoje em dia, já há muitas vozes que consideram a agilidade de aprendizagem como um melhor preditor de sucesso futuro do que o desempenho presente, inteligência, nível de competência ou aptidões técnicas. Por este motivo, a agilidade de aprendizagem está a ganhar cada vez mais peso nos processos de selecção de pessoal, em detrimento das competências, e na identificação de potenciais elevados. Já existem vários estudos que afirmam que um elevado nível de competência num trabalho não é um indicador infalível de elevado potencial.

De acordo com a investigação de Michael M. Lombardo e Robert W. Eichinger, o que diferencia as pessoas com elevado potencial é a sua capacidade de aprender de uma forma ágil. Ou seja, a sua capacidade de serem proactivos na aprendizagem, identificando oportunidades no seu ambiente para continuar a desenvolver-se, enfrentando novos desafios e problemas para testar a sua capacidade de os resolver e aprender novas competências. São pessoas abertas à experiência, novas ideias, novas pessoas, novos ambientes, dispostas a aprender com todos e com tudo.

Baseado na investigação e publicações de Lombardo e Eichinger podemos salientar que a agilidade de aprendizagem integra cinco capacidades principais: agilidade mental, consciência dos pontos fortes e fracos, saber como detectar as pessoas-chave no nosso desenvolvimento, agilidade para a mudança, e agilidade para se concentrar nos resultados.

As 5 capacidades que integram a agilidade de aprendizagem. Fonte da imagem: Blog BSH Electrodomésticos España

    li>Agilidade mental: capacidade de processar informação rapidamente (capturar, processar, armazenar, aplicar, armazenar), saber compreender e interpretar correctamente as chaves para cada novo ambiente, situação, ou pessoa. Perceber clara e rapidamente os aspectos críticos, oportunidades, ameaças, sinais fracos, padrões, informação relevante e irrelevante.

Para Lombardo e Eichinger, o pensamento crítico faz parte das características das pessoas com agilidade mental. É uma capacidade que nos permite analisar problemas de diferentes perspectivas e estabelecer ligações entre eles, para dar respostas mais sábias.

    li> Capacidade de detectar as “pessoas chave”: saber quais as pessoas que nos podem ajudar no nosso desenvolvimento, em tempos de crise, tornar-nos visíveis, recomendar-nos, impulsionar a nossa carreira. Saber a quem recorrer em todos os momentos e como desenvolver alianças estratégicas para o nosso talento.

De acordo com Lombardo e Eichinger, as pessoas com esta capacidade obtêm resultados através da criação e participação em equipas, percebendo claramente a posição que devem ocupar na equipa, seja para colaborar ou para competir.

    • Agilidade para a mudança: capacidade de detectar precocemente os sinais de mudança e desenvolver as acções necessárias para se adaptarem a ela eficazmente. Tendem a ser arriscadores, até mesmo fabricantes de mudança, e sentem-se confortáveis com isso.
    • Agilidade para se concentrarem nos resultados: capacidade de ter objectivos e prioridades claras, e manter-se concentrados nelas para obter os resultados desejados. Este tipo de capacidade ajuda-nos a evitar distracções, a perseguir vários objectivos ao mesmo tempo, ou a mudar objectivos continuamente.
    • li> Consciência dos pontos fortes e fracos: uma capacidade que implica um bom nível de auto-consciencialização relativamente aos pontos fortes e fracos, e como tirar partido e melhorar os primeiros, e compensar ou complementar os segundos. Além disso, têm uma boa dose de autocrítica saudável, sujeitam-se a uma procura contínua de feedback e auto-alimentação, e analisam-se a si próprios com humildade e rigor. Tudo isto lhes permite manter um bom nível de auto-eficácia.

    Com base nos estudos citados por Lombardo e Eichinger, as principais características que identificam pessoas com elevada agilidade de aprendizagem são:

    – eles procuram novas experiências e situações com as quais aprender.

    -Disfrutam de problemas complexos e novos e dos desafios associados a novas experiências.

    -Têm mais experiências, uma vez que procuram sempre significado nelas, mesmo que sejam negativas.

    -Têm continuamente desafios para aprender novas competências, desenvolver novos papéis, tendo assim um vasto repertório de competências, estilos e comportamentos.

    -Querem diversidade e diferença porque acreditam que podem aprender mais com ela do que com a mesmice.

    – Participam em equipas ou grupos e criam-nos, desde que possam ser um facilitador da aprendizagem, caso contrário podem considerá-los uma perda de tempo.

    -eles vêem o seu comportamento como um instrumento para o seu crescimento, por isso estão dispostos a mudá-lo se isso contribuir para ele, sem afectar a sua identidade, imagem ou auto-conceito.

    Agora que saibam o que é a agilidade de aprendizagem, provavelmente estão a perguntar-se como começar a praticá-lo ou a desenvolvê-lo. Espero que estas 7 chaves o ajudem.

    7 CHAVES PARA DESENVOLVER A AGILIDADE DE APRENDIZAGEM

    1.- Estabelecer o objectivo a alcançar ou desafiar a enfrentá-lo e concentrar-se nele

    2.- Identificar os pontos fortes e fracos, que irão influenciar a realização desse objectivo, através de um processo de exploração e auto-conhecimento autónomo ou mediado por um mentor

    3.- Consciência e aceitação do GAP existente entre os requisitos do desafio ou objectivo a atingir e o estado das capacidades actuais (pontos fortes e fracos)

    4.- Revisão crítica da actual atitude perante a mudança, identificando forças de condução e travagem, bloqueios, resistências, motivadores, e outros factores que influenciam os processos de aprendizagem e mudança.

    5.- Concepção de acções estratégicas para começar a experimentar e implementar as competências necessárias à mudança e à realização do objectivo

    6.- Experimentação e reflexão sobre a experiência e os resultados. Desenvolver o hábito de monitorizar, solicitar feedback e praticar o auto-refeedback. Trabalhar em meta-cognição.

    7.- Fazer-se constantemente perguntas provocadoras: O que fiz? Que resultados obtive com o que fiz? Quão próximos estão os resultados obtidos com os esperados? O que tive de enfrentar ou superar? Como o fiz? O que aprendi? O que me impede de seguir em frente? Como posso ultrapassá-lo? O que está a funcionar bem para mim?

    Se quer realmente saber se uma pessoa estará pronta para assumir novos desafios, desenvolver novas competências, aceder a posições de maior responsabilidade, registar mudanças no desenvolvimento do seu talento, identificar e trabalhar a sua agilidade de aprendizagem, é o melhor preditor de talentos.

    Na AlquimiaCoach somos especialistas em identificar e desenvolver a agilidade de aprendizagem através da realização de workshops na empresa, intervenções de grupo através de coaching de equipas, coaching individual e processos de mentoria. Atreva-se a experimentá-los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *