Pelvic Lift, um exercício que pode ser uma espada de dois gumes

Share

24 de Fevereiro de 2009, 17:58

Com a grande variedade de exercícios abdominais há um que a maioria de nós realiza ou já realizou de uma vez ou de outra. Este é o levantamento pélvico, muito eficaz se feito correctamente, mas muito prejudicial se não o fizermos como deveria.

Com o levantamento pélvico trabalhamos a parte inferior dos abdominais, mas é importante que este exercício seja executado correctamente, uma vez que na maioria dos casos o impulso é exercido com a lombar ou pernas, porque queremos tanto levantar a pélvis que nos esquecemos que o esforço tem de ser suportado pela parede abdominal. Por conseguinte, não devemos ignorar alguns pontos a ter em mente para realizar bem o levantamento pélvico.

Este exercício é muito eficaz no sentido de obter um abdómen forte e bem marcado, especialmente na parte inferior, que é normalmente a mais difícil de treinar. Por esta razão, este exercício é comum em muitas rotinas, mas devemos saber como fazê-lo se não quisermos desenvolver uma série de efeitos secundários, tais como dores lombares ou pélvicas.

A forma de o fazer é simples, e é que acima de tudo temos de concentrar o impulso na parte inferior do abdómen, em qualquer caso não deve ser a parte de trás que mantém a pressão ou muito menos as pernas. Devemos colocar-nos deitados de costas, e colocar os braços debaixo das nádegas com as palmas das mãos no chão, para não podermos agir com elas.

Nesta posição e levantando as pernas em ângulos rectos, devemos tentar levantá-las o mais possível concentrando toda a força no abdómen. Não é necessário levantar um centímetro do chão ou muito menos, temos simplesmente de sentir a pressão do exercício na parte trabalhada. Para o fazer, ajudar-nos-á a imaginar que temos um laço que nos puxa as pernas e que alguém acima de nós o puxa para nos levantar. Se pensarmos que assim faremos o exercício muito melhor, pois não dobraremos as pernas para dentro ou para fora.

É essencial que as costas permaneçam coladas ao chão, pois levantar muito a parte lombar e pélvica desencadeia uma série de pequenos solavancos cada vez que tocamos no chão que podem acabar por afectar esta parte do corpo. Para evitar isto, devemos estar conscientes de que vamos trabalhar com o abdómen, nunca com as costas. Para o conseguir, só precisamos de notar o impulso que exercemos na zona abdominal, mesmo que não levantemos um centímetro do chão, e gradualmente vamos ganhando mais força e podemos realizar este exercício muito melhor.

É importante ter isto em mente para evitar desconforto e possíveis perturbações decorrentes de um mau desempenho das diferentes rotinas de treino. Para isso é importante estar consciente e não tentar fazer algo que não podemos ou para o que o nosso físico não está preparado. Como tudo em fitness, o trabalho abdominal é também uma questão de tempo e paciência.

Image: Quiquesimonelli

In Viotnica: Exercícios hipopressivos.

In Vitonica: Incline abdominal bench, um clássico muito perigoso!

In Vitonica: Dicas para obter abdominais perfeitos em 2009

In Vitonica: Dicas para obter abdominais perfeitos em 2009

In Vitonica: Dicas para obter abdominais perfeitos em 2009

In Vitonica: Dicas para obter abdominais perfeitos em 2009

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *