Os Sete Magníficos

Uma pequena cidade mexicana perto da fronteira dos EUA é sitiada por um bando de bandidos, liderados pelo sanguinário Caldera (Eli Wallach), que levam os frutos das suas colheitas aos agricultores. Os aldeões decidem recorrer à ajuda de pistoleiros profissionais americanos, uma vez que é mais barato do que comprar armas. Face ao salário reduzido, apenas sete homens finalmente aparecem, determinados a livrar a cidade da peste: Chris Adams (Yul Brynner), o líder dos sete, sempre determinado a fazer qualquer coisa (ele observa que nunca lhes tinha sido oferecido tanto como naquela ocasião, e que consistia em tudo o que tinham); o seu amigo e assistente Vin (Steve McQueen); Bernardo O’Reilly (Charles Bronson), um homem forte e sentimental, amado pelas crianças; Britt (James Coburn), também conhecido por “Largo”, habilidoso com faca e arma; Lee (Robert Vaughn), um homem sensível, bem como um estranho, raramente visto com uma arma, diz não dever nada a ninguém… excepto a si próprio; Harry (Harry O’Reilly), um homem forte e sentimental, amado pelas crianças; e o seu amigo e assistente Vin (Steve McQueen)….excepto para si próprio; Harry Luck (Brad Dexter), um homem pouco hábil com um revólver, que acaba por provar que tem um coração corajoso quando se trata de ajudar um amigo; e finalmente, um jovem a quem chamam Chico (Horst Buchholz), que não aceita um não como resposta.

Caldera e os seus homens aparecem rapidamente na aldeia, mas tanto os sete mercenários como os agricultores surpreendem-nos e acabam com a maioria deles, excepto Caldera e mais vinte dos quarenta ou mais. Chico “empresta” um chapéu mexicano e consegue infiltrar-se no campo, obtendo informações valiosas: eles atacarão novamente. Mas Caldera, que o reconheceu, tinha ido com os seus homens à cidade enquanto os sete estavam a caminho do acampamento. Chegando lá, Caldera revela que o rapaz da sopa da cidade é um traidor, mas que foi realmente enganado. Caldera obriga os sete a partir para a fronteira com dez dos seus homens como escolta. Mas Chris, Vin e os outros não hesitam em regressar à cidade, excepto Harry, que regressa a casa. Quando lá chegam, surpreendem Caldera e os seus homens, mas enquanto são seis, são vinte ou mais. Os aldeões ajudam-nos, mas Caldera esquina Chris. Mesmo a tempo, Harry Luck regressa e abdica da sua vida para salvar a de Chris. Lee tira os prisioneiros mexicanos da prisão, mas um tiro mal direccionado atinge-o, e ele cai morto. Bernardo, que fica de guarda no telhado, é também atingido por vários tiros, mas sendo tão forte, luta até que outra bala lhe acerte no coração. As crianças assistem tristemente à morte do seu ídolo no campo de batalha e prometem-lhe que a sua sepultura nunca lhe faltará flores frescas. Enquanto o chefe chora a morte de Harry, Caldera surpreende-o, mas Chris não hesita em acabar com o bandido mexicano. Britt ronda a cerca e tira a maioria dos homens de Caldera mas, ao passar o posto, revela que tem sangue no peito e espeta a sua faca no posto como símbolo de derrota. Chris descobre o cadáver de Britt e a faca na cerca. A batalha termina e os restantes magníficos regressam a casa, mas Chico regressa à cidade depois de revelar a Chris e Vin que vem de uma dessas cidades, e que está apaixonado por Petra (Rosenda Monteros), uma rapariga da cidade. Chris e Vin regressam como iguais, como amigos que regressam de uma aventura e partem para outra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *