Os cientistas avisam que o Havai “deve preparar-se para um super tsunami”|News|teleSUR

Universidade do Havai, o investigador Kwok Fai Cheung avisou que o arquipélago do Havai, localizado a sudoeste dos Estados Unidos (EUA) deve preparar-se em breve para um super tsunami como o que o Japão enfrentou em Março de 2011, que deixou mais de 15.800 mortos e quase 4.000 desaparecidos.

A teoria de Cheung é apoiada por vários cientistas. O website Voice of America, citando o investigador da Universidade do Havai Rhett Butler, indicou recentemente que desastres naturais desta escala ocorrem tipicamente uma vez em cada 500 a 1.000 anos e, de acordo com investigações recentes na região, há sinais de que um enorme tsunami já varreu as ilhas há 500 anos.

De acordo com os estudiosos dos movimentos da Terra, num futuro relativamente próximo um terramoto teórico de 9,3-magnitude formado nas Ilhas Aleutas no Pacífico Norte poderia criar um super tsunami e atingir novamente as costas do Havai.

Cheung relacionou ainda mais com o facto de ter criado um modelo de computador que simula as ondas que um terramoto tão grande causaria. A simulação mostrou que estes poderiam atingir muito além da “zona considerada segura”

Avencimentos sobre este possível super tsunami têm vindo a ser revelados desde o último 2014. Os resultados dos estudos já levaram as autoridades de Honolulu a rever os seus mapas de evacuação do tsunami e a aumentar a preparação das zonas seguras.

Facto:

P>Pesquisa publicada no passado dia 3 de Outubro detalhava que um poderoso terramoto com epicentro no Alasca (noroeste dos E.U.A.)) gerou ondas gigantescas de até 9 metros de altura, que se precipitaram no Havai há cerca de 500 anos e deixaram para trás fragmentos de coral, conchas de moluscos e praia de areia grossa.

O tremor de terra, provavelmente de magnitude 9.0, enviou as ondas poderosas para o Havai entre 1425 e 1665.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *