Os Baddest Disney Baddies

Disney ppal baddies

Share

4 de Junho de 2014, 09:01

div>>

Por muito que eu não o tenha declarado explicitamente no meu texto, só era preciso ler nas entrelinhas para inferir que o principal mal que aflige o filme horrendo que é “Maleficent” (“Maleficent”, Robert Stromberg, 2014) é, precisamente, tendo tomado um dos melhores vilões que teve uma produção “clássica” animada da Disney e pervertê-la até ficar irreconhecível para aqueles que, como crianças, descobrimos quão maus e vingativos poderiam tornar-se numa bruxa, importando muito pouco as razões que a tinham levado a isso.

Como o universo Disney é povoado por estas mulheres que só vivem para fazer mal aos outros, e aproveitando a situação ideal que favorece o lançamento do filme estrelado por Angelina Jolie, hoje trazemos-lhe uma selecção do que consideramos, por razões que serão convenientemente expostas, as cinco mais pérfidas, retorcidas e, claro, carismáticas e inesquecíveis “más” que saíram da casa de Mickey Mouse. Bem-vindo a este museu particular de horror feminino. Venha e veja.

Gothel, de ‘Tangled’

Disney baddies 1

p>Comecemos a classificação com um baddie contemporâneo com grandes olhos verdes, e a “mãe” que cada menina deve temer. Manipuladora de um defeito, esta bruxa que rapta Rapunzel em bebé para beneficiar do poder rejuvenescedor do seu cabelo tem o seu melhor e mais memorável momento com ‘A Mãe Sabe Melhor’, um número musical eloquente – alguém disse o melhor neste filme de esplendor cativante? – que reflecte perfeitamente as intenções deste vilão que sorri desonestamente.

Cruella de Vil, from ‘101 Dalmatians’

div>Malas de Disney 2Disney villains 2

O amigo maluco e faminto de Anita não podia faltar a uma selecção de vilões da Disney. Esta Cruella de Vil que “assusta as crianças, é um réptil” cuja maior aspiração na vida é obter um casaco de pele dálmata com mais de uma centena de cães dessa raça que consegue raptar com a ajuda inepta de dois ladrões bêbados. O seu melhor momento, para além do cigarro de entrada na mão na casa de Roger e Anita, o rosto de olhos ensanguentados enquanto conduzia o carro que persegue o camião ao qual os cães subiram. Arrefecimento.

Ursula, from ‘The Little Mermaid’

Malas de Disney 3Disney’s Bad 3

p> O regresso da Disney ao topo do mundo animado foi tanto da responsabilidade de um O mundo animado era tanto da responsabilidade de uma sereia e do seu caranguejo como desta bruxa do mar em que influências tão variadas como Cruella de Vil ou a Rainha de Copas convergem, passando pelo Jabba de uma certa saga galáctica até chegar à semelhança mais que razoável que mantém com Divino, a velha musa de John Waters. Comendo Ariel em todas as cenas que partilha com ela, Ursula é, na minha opinião, o melhor de um filme notável. Mesmo assim, se tivesse de escolher um momento, ‘Pobres Almas Infelizes’ ganhariam.

Maleficente, from ‘Sleeping Beauty’

Disney's Bad 4

O lugar para o segundo melhor vilão que a Disney já deu vai para Maleficent. Mas não a doce e esquecida imitação que encarnou Angelina Jolie, mas a verdadeira, aquela feiticeira poderosa capaz de amaldiçoar um bebé indefeso com morte certa e cuja crueldade pouco ou nada precisava da estúpida explicação que nos é dada no filme lançado nos cinemas na sexta-feira passada. E aqui não há dúvida sobre qual é o ponto alto das suas aparições no filme, a palma da mão leva o seu raid no baptizado da pequena Aurora e aquele riso capaz de congelar o sangue.

A Rainha, de ‘Branca de Neve e os Sete Anões’

Malas de Disney 5Disney 5

>div>>p> E chegamos à primeira. Uma posição que não podia ser ocupada por ninguém a não ser aquele que começou tudo isto. Com quase oitenta anos atrás dela, a rainha que a Branca de Neve matou porque a sua beleza é maior do que a dela ainda é tão aterradora, se não mais, do que a velha de nariz enrugado em que ela se transforma para dar à princesa a maçã envenenada que a mergulhará num sono aparentemente eterno. De longe o melhor de uma obra-prima do cinema de todos os tempos e, por direito próprio, o melhor vilão que deu a casa de Mickey Mouse.

Esta é a minha selecção. Como sempre, nestes casos, é a sua vez de falar consigo. Quem incluiria? Quem não incluiria? Pronunciar ou uma destas malvadas fêmeas vai amaldiçoá-lo para toda a vida…ou pior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *