O rapper Meek Mill semeia controvérsia por uma carta na qual frivoliza com o acidente fatal de Kobe Bryant

Poluição nos Estados Unidos pela letra de um rap. É uma das últimas canções de Meek Mill, que gravou com Lil Baby, e intitula-se ‘Don’t Worry (RIP Kobe)’.

Uma carta que, longe de ser um tributo, tem ultrajado as redes sociais por uma frase particular que frivoliza com o acidente fatal da antiga estrela da NBA:

“Se um dia falhar, levarei o meu helicóptero, será outro Kobe”, canta uma das rimas. Palavras que não passaram despercebidas e que semearam controvérsia em todos os Estados Unidos.

Todos os acontecimentos em torno da morte de Kobe, um dos jogadores mais amados da história da NBA, foram sempre tratados com delicadeza e, quando não foi assim, as vozes críticas não pararam de surgir. Uma das principais, a da sua viúva, Vanessa, que sempre pediu respeito pela privacidade da família que, no mesmo acidente, perdeu Gianna, uma das filhas do casal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *