Miley Cyrus ataca em Liam e explica comentários controversos sobre ser gay

Singer Miley Cyrus estava no centro da controvérsia depois de fazer comentários confusos sobre a sua sexualidade e amor.

Atraves de um Instagram Live, a artista ligou-se ao seu actual parceiro Cody Simpson e lá confessou quando estava mal com homens que considerava que devia tornar-se homossexual para não sofrer, isto apenas até conhecer a cantora australiana.

“Sempre pensei que tinha de ser homossexual porque apenas pensava que os homens eram maus, isso não é verdade. Há boas pessoas lá fora, que por acaso também têm pénis. Só conheci um … e ele está neste ‘ao vivo’ … O resto é uma merda”, expressou ela, que para muitos foi uma escavação clara ao seu ex-marido Liam Hemsworth.

P>É possível que esteja interessado em: Miley Cyrus e o apaixonado beijo de roupa interior ao seu namorado

Ainda aconselhou aos seus seguidores que não precisam de ir à procura do amor da sua vida”

“Há bons homens lá fora, raparigas: não desistam. Não é preciso ser gay. Há por aí boas pessoas com pénis. Só tem de os encontrar. É preciso encontrar um pénis que não seja um pénis, sabe o que quero dizer?”

p> Vale a pena notar que, há algum tempo atrás, a jovem mulher declarou-se pansexual, o que significa que não reconhece o sexo por afecto amoroso emocional.

Assim, as suas declarações em directo no ar foram tão controversas, que a jovem teve de sair para esclarecer a questão, excepto a do seu ex-parceiro.

“Eu estava a falar de merdas sobre gajos que não prestam, mas deixem-me esclarecer, UM não ESCOLHA a sua sexualidade. Nasce da maneira que é. Essa tem sido sempre a minha prioridade, proteger a comunidade LGBTQ, da qual faço parte. Feliz segunda-feira”, esclareceu ele.

p>Não pares de ler: Será Liam Hemsworth sobre Miley Cyrus? O actor foi visto com outra rapariga

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *