Mass Cane (Draceana fragrans Massaengea) Care (Dracaena fragrans Massaengea)

Mass Cane (Draceana fragrans Massaengea) cresce em bengalas lenhosas castanhas espessas características.
Mass Cane (Draceana fragrans Massaengea) cresce em bengalas lenhosas castanhas espessas características.

Uma planta preferida da casa grande

Cana de massa (Dracaena fragrans Massangeana, ou Dracaena massangeana), tamb√©m chamada “planta de milho”, √© uma planta da casa muito utilizada. √Č uma das v√°rias variedades populares de Dracaena, incluindo Dracaena lisa, Dracaena marginata e Dracaena compacta.

Existem v√°rias raz√Ķes pelas quais a cana maci√ßa √© t√£o popular.

  • A cana maci√ßa √© tolerante √† maioria das condi√ß√Ķes de ilumina√ß√£o interior.
  • √Č barata. √Č normalmente a Dracaena mais barata e muito econ√≥mica em compara√ß√£o com outras plantas dom√©sticas.
  • Li>Abaixo crescimento significa que a cana maci√ßa caber√° num espa√ßo particular durante muito tempo com pouca manuten√ß√£o.Li>Baixo crescimento significa que a cana maci√ßa caber√° num espa√ßo particular durante muito tempo com pouca manuten√ß√£o.

  • Folhas longas, semelhantes a cintas, tornam a planta f√°cil de limpar.
  • A rega √© f√°cil.
  • A cana de massa tem a altura e o aspecto de uma √°rvore, mas pode caber dentro de casa e requer menos manuten√ß√£o do que outras plantas arb√≥reas tais como Ficus, Rhapis ou mogno.

Todas estas qualidades fazem da cana de massa uma escolha ideal para uma planta alta de ch√£o interior.

Habitat nativo: Alta Guiné

{“lat”: 13.860143, “lng”: – 3,333286, “zoom”: 5, “mapType”: “HYBRID”, “markers”: }

Escolha um espaço

S√©rie cana tolera uma grande variedade de condi√ß√Ķes de luz interior. Idealmente, escolher um espa√ßo com luz natural moderada ou ilumina√ß√£o artificial ben√©fica.

A luz moderada proporcionar√° tudo o que esta planta precisa para se manter. Uma vez que √© uma planta de crescimento lento, a cana de massa manter√° a sua altura e forma durante algum tempo. √Č uma excelente escolha para espa√ßos de escrit√≥rio com ilumina√ß√£o fluorescente.

Com luz intensa, o crescimento da planta irá acelerar e necessitará mais frequentemente de fertilizante para evitar os sintomas de clorose. Há também uma maior probabilidade de desenvolver insectos farinhentos em luz brilhante. Para além destes efeitos secundários, não há qualquer problema em colocar a planta num espaço bem iluminado.

A luz fraca é a opção de iluminação menos desejável. Algumas bengalas maciças podem sobreviver com pouca luz. No entanto, como a baixa luminosidade atrasa o processo de fotossíntese da planta, será necessário reduzir drasticamente a quantidade de água da planta. Caso contrário, a sua planta apresentará continuamente sintomas de excesso de água. Controlar o nível de humidade neste cenário será mais difícil.

Regulação

Regula√ß√£o √© bastante simples. Se colocada em luz moderada, a planta deve ser regada quando a superf√≠cie do solo estiver seca ao toque. √Āgua suficiente para humedecer o solo em toda a panela. Na maioria das condi√ß√Ķes moderadas, n√£o h√° necessidade de deixar √°gua em excesso no revestimento da planta. Deixe a superf√≠cie do solo secar ao toque antes de regar novamente.

  • Em condi√ß√Ķes de luz moderada, a planta deve ser regada todas as semanas ou duas.
  • Em zonas de luz alta, pode ser necess√°rio deixar alguma √°gua no forro ou regar mais frequentemente.
  • Em condi√ß√Ķes de luz baixa, vai querer regar com menos frequ√™ncia. Certifique-se de permitir um per√≠odo de secagem das bengalas com pouca luz.

Lembrem-se que a cana de massa é uma planta de crescimento lento, de reacção lenta. Pode levar semanas até que a planta apresente sintomas de exsudação excessiva ou água insuficiente; nessa altura os danos já terão ocorrido. Não deixe que a confusão deste atraso cause sobrecorreção.

O que se passa debaixo do solo? Vasos e Raízes

Bandejas maci√ßas t√™m geralmente caules m√ļltiplos. As bengalas em vasos com di√Ęmetro de 10 “ou mais” s√£o afiladas em altura acima do vaso e abaixo da superf√≠cie do solo. As ra√≠zes mais altas do caule ser√£o mais profundas no vaso, e as ra√≠zes mais curtas estar√£o mais pr√≥ximas da superf√≠cie do solo.

A contagem destas diferenças de profundidade pode ajudá-lo a resolver problemas de rega.

Por exemplo:

  • Se a cana mais curta mostrar sinais de estar submersa, mas a cana mais alta estiver bem, poder√° ser necess√°rio regar com mais frequ√™ncia, uma vez que as ra√≠zes pouco profundas s√£o suscept√≠veis de secar entre regas.
  • Se a cana mais alta mostrar sinais de estar submersa, mas a cana mais curta estiver bem, provavelmente ter√° de se certificar de que est√° a regar o suficiente para humedecer a camada inferior do solo.
  • Se a cana mais alta apresentar sintomas de excesso de √°gua, mas as mais curtas parecem estar bem, ent√£o √© prov√°vel que reste demasiada √°gua no forro, o que sobrep√Ķe as ra√≠zes profundas do vaso.
L√Ęminas da cana maci√ßa, mostrando a caracter√≠stica risca amarela.
Folhas da cana maciça, mostrando a risca amarela característica.

Problemas Comuns

Por mais fácil que seja cuidar desta planta, existem alguns problemas muito típicos associados à cana de massa.

ul>

  • O insecto Mealy √© a praga mais comum. O melhor tratamento √© manter a sua planta saud√°vel, limpar quaisquer insectos vis√≠veis das folhas e remover novas coroas de folhas, se necess√°rio.
  • Li>Manchas castanhas ao longo das folhas, especialmente em novo crescimento, s√£o comuns. H√° algumas causas poss√≠veis para isto. Uma planta mais velha pode ter ra√≠zes que tenham crescido fora do vaso, as quais devem ser cortadas. Al√©m disso, os sais da √°gua podem acumular-se no solo; se isso acontecer, √© necess√°rio acrescentar mais terra. Se o novo crescimento estiver a mostrar manchas, √© poss√≠vel cortar as coroas para catalisar um crescimento novo e mais saud√°vel. A seguinte liga√ß√£o v√≠deo mostra como podar coroas de folhagem.li>Cabelos de folhas crescidas podem ser encontrados em plantas mais velhas e podem ficar com casca e fora de controlo. Os caules devem ser aparados de volta. Utilize o seguinte v√≠deo como guia de poda.

  • Canas inclinadas, inclinadas ou tortas s√£o frequentemente o resultado da planta inclinada para uma fonte de luz ou de rega irregular. Tamb√©m pode ser o resultado de uma planta ser tombada ou deslocada √† for√ßa. Endireitar uma cana √© simples: basta empurrar a cana de volta para a sua posi√ß√£o vertical e empacotar a terra como enchimento de fundo para estabilidade. Certifique-se tamb√©m de rodar a sua planta regularmente para a equilibrar e regar uniformemente sobre a superf√≠cie do solo.
  • li>As pontas das folhas castanhas s√£o frequentemente o resultado de uma rega excessiva ou de uma rega inconsistente. Mesmo profissionais de plantas altamente experientes criam pontas castanhas. As folhas distintamente listradas s√£o demasiado complacentes para serem aparadas, por isso poda para restaurar o aspecto de folhagem saud√°vel.

  • As folhas amarelas podem ser causadas por aclimata√ß√£o, subaqu√°ticas ou pela idade. H√° um truque para remover as folhas da planta do milho. Come√ßando na ponta, dividir a folha no meio e come√ßar a rasgar para baixo desde o centro at√© ao fim. Os dois segmentos devem sair facilmente.
  • Os caules enrugados devem-se a uma severa rega subaqu√°tica ou radicular.
  • Os caules enrugados, ou canas macias, devem-se a uma rega excessiva ou danos radiculares.
  • Os mosquitos fungos podem ser um problema para qualquer planta dom√©stica. S√£o geralmente causados por excesso de √°gua.
  • Um pouco de compreens√£o pode ir muito longe em fazer da cana de massa uma planta dom√©stica muito f√°cil e duradoura para quase qualquer pessoa em qualquer espa√ßo.

  • Um pouco de compreens√£o pode ir muito longe em fazer da cana de massa uma planta dom√©stica muito f√°cil e duradoura para quase qualquer pessoa em qualquer espa√ßo.
  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *