Marzano’s Five Dimensions

br>Monografias.combr>>br>1a. DIMENSÃO. Problematização-Disposição. Refere-se à geração de atitudes favoráveis à aprendizagem. Isto implica que o estudante reconhece as necessidades formativas que tem. Equivale a uma fase de problematização ou questionamento sem a qual é difícil para o sujeito iniciar um processo de aprendizagem, uma vez que o carácter de questionamento, curiosidade inicial ou motivação não é gerado nele e a sua aplicação ao estudo pode obedecer a propósitos não necessariamente ligados ao conhecimento. Objecto de aprendizagem elaborado por: Mtro. José Guadalupe de la Fuente Aguilar Ciclo Escolar 2011 A
Monografias.comMonografias.com

br>1a. DIMENSÃO. Problematização-Disposição. l. Clima da sala de aula ou do local de trabalho, em termos de: ?Ser aceite pelo “outro”. ?Sentir-se confortável na planta física ?Ter um sentido de ordem em termos de rotinas e regras estabelecidas do jogo
Monografias.comMonografias.com

br>>br>1ª DIMENSÃO. Problematização-Disposição. Tarefas dentro da sala de aula ou do local de trabalho, em termos de: Perceber o valor atribuído à tarefa e clareza sobre o que se espera do aluno em relação à tarefa. Percebendo que têm recursos mentais e a capacidade de os utilizar. Obtenção de clareza quanto ao aspecto da tarefa ou produto acabado.
Monografias.combr>>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento. Dimensão que contempla as ligações que os estudantes fazem da informação, aquela coisa nova que requer um ponto de ligação com o que já se sabe significar alguma coisa. Do mesmo modo, esta integração informativa baseia-se numa organização, de modo que toda a informação é organizada de acordo com certos esquemas.
Monografias.combr>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento. Ao adquirir conhecimentos, o primeiro passo é pensar no que já foi aprendido, e depois incorporar os novos conhecimentos. Posteriormente, a informação será processada de modo a poder ser lembrada em ocasiões posteriores, quando for necessária. Este processo inclui operações cognitivas tais como ligar os novos conhecimentos com os antigos, fazer previsões e verificá-las, e fornecer informações que não são explícitas. O que se pretende é construir significados com a informação apresentada.
br>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento. O ciclo de aprendizagem do conteúdo inclui: – construção de significado – organização – armazenamento Para fomentar a aquisição de conhecimentos é necessário envolver os estudantes em actividades que os ajudem a amalgamar conhecimentos anteriores com a informação apresentada.
Monografias.comMonografias.com

br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento. por exemplo: ? o brainstorming pessoal é uma actividade muito útil para atingir este objectivo, ajudá-los-á a perceber o que sabem sobre o tema e o que ainda precisam de aprender. ? Peça ao aluno para imaginar o que um tópico ou unidade pode tratar
Monografias.comMonografias.com

>br>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento. ? Perguntas sobre o assunto a estudar: estas podem ser óbvias, ou seja, pesquisa rápida no texto; outras de pensamento e pesquisa, ou seja, a resposta não está ligada à forma como a pergunta é feita; e as próprias perguntas do estudante que ele próprio responderá de acordo com a sua própria experiência. ? A leitura pode ser uma estratégia muito útil para a aquisição de conhecimento e podemos conceptualizá-la em três fases:
Monografias.combr>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento 1. antes de ler o aluno: – Identifica o que é conhecido sobre o tema – Escreve perguntas específicas que gostaria de responder – Desenvolve previsões sobre o que será encontrado na leitura.
Monografias.comMonografias.com

– – – – – – 2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento 2. Durante a leitura: Tenta gerar imagens sobre o que lêem Ocasionalmente elabora um resumo do que lêem Tenta responder às questões colocadas antes da leitura Determina se as suas previsões estavam correctas
Monografias.comMonografias.com

>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento 3. após a leitura – Faz um resumo final do que leu – Menciona a utilidade que terá a informação lida.
Monografias.combr>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e Organização do Conhecimento Para fazer resumos de leitura é necessário: – Remover informação trivial ou redundante – Reduzir informação de listas ou séries, referindo-a com um único termo ou frase – Procurar generalizações que cubram grandes blocos de informação Um dos processos mais importantes, desde que alguma informação foi adquirida, é o da organização, ou seja, distinguir os diferentes aspectos da informação e relacioná-los.
Monografias.combr>>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento É conveniente distinguir os diferentes tipos de conteúdos, que são apresentados na informação, são eles: Fatos: Dão informações sobre pessoas, lugares, coisas, eventos e abstracções específicas. Sequências temporais: Isso tem a ver com a cronologia em que os acontecimentos acontecem. Redes causais: São eventos que levam a algo, que produzem um produto ou efeito.
Monografias.combr>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento Resolução de problemas: Consiste em apontar um problema e as suas possíveis soluções. Episódios: Estes são eventos específicos que têm um lugar, participantes, duração, causa e efeito. Generalizações: São frases que podem fornecer exemplos.
Monografias.combr>2a. DIMENSÃO. Princípios de aquisição e organização do conhecimento: Princípios são generalizações que são consideradas como regras gerais que se aplicam a um conteúdo e podem ser: Causa-efeito, correlacional, correlacional, probabilístico e axiomático
Monografias.comMonografias.com

>br>>br>>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento As competências envolvidas na aquisição e organização da informação são: Observação Existem dois tipos: – Directo. Observação pessoal de factos ou acontecimentos, identificação de características de objectos ou situações. – Indirecto: É o que observamos através da leitura de livros, revistas e jornais, conversas com outras pessoas, televisão, rádio, etc.
Monografias.combr>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento Os passos a seguir na observação são: – Delimitar a finalidade da observação – Definir o tipo de observação: directa ou indirecta. – Indicar as características do objecto ou situação tendo em conta a finalidade.
Monografias.combr>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento Análise: É um processo que constitui uma operação de pensamento complexo que permite dividir o todo nas suas partes, de acordo com a totalidade que é seleccionada, é possível realizar análises de partes, qualidades, funções, usos, relações, estrutura e operações.
Monografias.combr>>br>>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento O procedimento seguido para uma análise é: – Definir o objectivo – Definir o tipo de análise que irá utilizar para organizar a informação – Seleccionar um tipo de análise – Definir o que vai ser separado – Separar todos ou nas suas partes os elementos de acordo com os critérios de organização – Enumerar as partes ou elementos – Exaustar os tipos de análise seleccionados – Integrar a análise da organização da informação e do conhecimento
Monografias.comMonografias.com

br>>br>2a. DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento Síntese É um processo que permite integrar elementos, relações, propriedades, ou partes para formar entidades ou totalidades novas e significativas. Não existe um processo único para operacionalizar o processo de síntese.
Monografias.com
– – – – – – – – – 2º DIMENSÃO. Aquisição e organização do conhecimento O processo seguinte é descrito da seguinte forma: Definir o objectivo Realizar análise de conceitos e relações Elaborar esquemas para ligar conceitos e relações Explorar ligações ou relações entre os elementos do esquema Integrar conceitos e relações num dado contexto Elaborar síntese.
Monografias.combr>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Não basta organizar a informação, mas aprender implica operar com ela, ou seja, desenvolver operações mentais tais como dedução, indução, comparação, classificação, abstracção, todas as operações que constituem uma base de pensamento que permite ao sujeito trabalhar com todo o tipo de informação.
Monografias.com
br>>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. As operações mentais são utilizadas para ajudar o aprendente a desenvolver os seus conhecimentos e competências, para os transformar em formas novas e invulgares, alargando-os e aperfeiçoando-os, formas de aprendizagem. dando origem a novas
Monografias.comMonografias.com

>br>>br>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Quando se parte de uma premissa universal, e desta se refere a uma proposta singular, este raciocínio chama-se dedução, dedução envolve inferência lógica, quando alguém raciocina de forma dedutiva não vai além da informação em questão.
Monografias.comMonografias.com

br>>br>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. A indução é definida como o raciocínio que é gerado a partir da observação constante entre fenómenos, ou os objectos de conhecimento para procurar a relação essencial, e portanto universal e necessária, entre objectos e fenómenos.
Monografias.com
3a. DIMENSÃO Processamento de informação. A indução torna possível tirar conclusões a partir de objectos específicos de conhecimento. O seu factor formativo reside na sua utilização consciente e sistemática. No ensino é importante descobrir leis, princípios e generalidades.
Monografias.combr>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Passos a seguir no raciocínio indutivo: – Observar elementos e características específicas do que está a ser estudado – Tomar notas – Analisar a informação recolhida e procurar categorias – Tirar conclusões com base nas categorias observadas. – Procurar mais provas que confirmem ou desconfirmem as conclusões. – Se forem encontradas provas contraditórias, rever e rever a conclusão.
Monografias.combr>>br>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. O processamento de informação envolve a comparação que é definida como o processo básico que constitui a etapa anterior para estabelecer relações entre as características dos objectos ou situações, ajuda-nos a identificar atributos que normalmente não identificamos.
Monografias.com
br>>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Na comparação não estruturada, os itens a serem comparados são identificados pelos próprios estudantes, as características a serem comparadas são auto-geradas. A técnica é: – Identificar dois ou mais itens do conteúdo dado – Gerar as características a serem comparadas – Comparar as características identificadas e, por último. – Resumir o que foi aprendido na actividade
Monografias.comMonografias.com

>br>>>br>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Outra forma de processamento seria a classificação que consiste num processo mental que permite dois tipos de operações mentais, um, agrupando conjuntos de objectos em categorias chamadas classes e o outro estabelecendo categorias conceptuais, ou seja, denominações abstractas que se referem a um número limitado de características de objectos ou eventos e não directamente aos objectos
Monografias.comMonografias.com

br>>br>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. Alguns exercícios são: – Apresente as categorias importantes para certos conteúdos e peça-lhes que coloquem itens previamente identificados nessas categorias, por exemplo, em matemática, pode dar-lhes uma lista de números de 1 a 100 e as categorias de números; naturais, positivos, negativos, pares, ímpares, etc. para que os distribuam nas categorias acima mencionadas.
Monografias.combr>>br>>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. A abstracção é inerente a qualquer processo cognitivo. É a operação de separar o conceito de um todo concreto, fornecendo uma característica sem existência independente. Esta separação não pertence à ordem da realidade, mas à mente; o seu resultado é um conceito. Através da abstracção aprende-se o essencial do objecto.
Monografias.combr>3a. DIMENSÃO Processamento de informação. A estratégia de abstracção inclui os seguintes elementos: – Identificar uma situação em que será útil pensar de uma forma pouco usual sobre a informação. – Identificar o que é importante sobre a peça de informação ou tópico em consideração. – Escrever a informação importante de uma forma esquemática – Identificar outra informação que se enquadre na forma geral
Monografias.comMonographs.com

>br>>br>4. DIMENSÃO Aplicação da informação. O ciclo de aprendizagem é consolidado à medida que a informação é posta em prática para lidar com problemas reais ou possíveis.
Monografias.combr>>br>4. DIMENSÃO Aplicação da informação. Fazer práticas, operar os conceitos, pesquisar, planear o projecto, resolver o problema e estudar casos, entre outros exercícios, permite-nos utilizar os conhecimentos adquiridos de forma significativa, noutra secção destes documentos encontrará uma lista de produtos que podem ajudar o estudante a evidenciar os seus processos, conhecimentos e o tipo de competências que estão a ser exercidos.
Monografias.comMonografias.com

br>4. DIMENSÃO Aplicação da informação. Para o significado de aprendizagem são necessárias tarefas multidimensionais, são tarefas que envolvem uma variedade de pensamentos. Por exemplo, podem incluir classificação, indução, abstracção, e suporte.
Monografias.combr>4. DIMENSÃO Aplicação da informação. A fim de desenvolver os conhecimentos dos estudantes e, portanto, propiciar uma aprendizagem significativa, é necessário propor exercícios onde se incluem múltiplas operações cognitivas: – Inquéritos experimentais. É o processo de geração de hipóteses para explicar fenómenos físicos e depois para aprovar a sua validade. – Resolução de problemas: É o processo de alcançar um objectivo, apesar dos obstáculos. – Tomada de decisões. O processo de escolha entre alternativas aparentemente iguais. – Invenção. O processo de criação de algo novo. -Pesquisa. É o processo de preencher lacunas ou resolver controvérsias que existem na informação
Monografias.comMonografias.com

>br>5a. DIMENSÃO Consciência do processo de aprendizagem – Auto-avaliação O sujeito que toma consciência da forma como aprende, dos passos que segue, que controla cada dimensão e realiza o caminho da informação, as operações e usos da mesma, obtém um método de aprendizagem e com isto a sua formação pode ser auto-gerida.
Monografias.combr>>br>>5a. DIMENSÃO Consciência do processo de aprendizagem – Auto-avaliação Podemos dizer que estar consciente é definir: o que sabemos e o que ignoramos e isto facilita-nos a vida: – O planeamento de estratégias para procurar informação – O conhecimento consciente das estratégias utilizadas para resolver problemas – A avaliação da produtividade do nosso próprio pensamento e do dos outros.
Monografias.comMonografias.com

>br>>br>5a. DIMENSÃO Consciência do processo de aprendizagem – Auto-avaliação A consciência dos processos de aprendizagem serve-nos: Definir problemas e estratégias Aplicar estratégias Conseguir representação interna de um problema Distribuir recursos mentais, materiais, temporais, etc. Regular impulsos Superar limitações e bloqueios mentais Adquirir conhecimento Informação do processo Aplicar modelos de pensamento Supervisionar e controlar o que se pensa e o que se faz.
Monografias.combr>Bibliografia: Chan María Elena, Tiburcio Adriana, 2000; Guía para el diseño de materiales educativos orientados al aprendizaje autogestivo. Marzano Robert, 1999; Dimensions of learning, ITESO, Guadalajara, México.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *