Malloreddus alla campidanese (Português)

PROCEDURE

<

Se os tomates estiverem frescos, lave-os bem, corte-os transversalmente, mergulhe-os em água a ferver e depois descasque-os. Corte-os ao meio e retire as sementes e a água da vegetação. Reduzir os tomates a pequenos pedaços, rasgando-os rigorosamente à mão. Se utilizar tomates pelados, utilize o tomate pelado inteiro e não a polpa (na Sardenha utilizamos principalmente a variedade “Roma”), para que possa rasgar os tomates à mão e dar ao prato aquele indispensável toque rústico.

p>Largar a salsicha fresca do seu invólucro e cortá-la em pequenos pedaços. Cortar finamente a cebola. Secar e pulverizar o açafrão. Para secar os estigmas de açafrão, colocá-los sobre uma assadeira coberta com papel pergaminho e colocá-los no forno durante dois ou três minutos a cerca de 80 graus. Reduzir o açafrão a pó, colocando os estigmas secos entre duas folhas de papel vegetal e utilizando o verso de uma colher de cozinha para esmagar suavemente os estigmas.

Rosear a salsicha numa panela com um fio de azeite extra virgem, mexendo ocasionalmente, até que toda a salsicha tenha mudado de cor. Adicionar a pasta de tomate, a cebola picada e o alho inteiro. Marrom os vegetais em lume médio.

p>Adicionar os tomates frescos ou tomates pelados e manjericão. Temperar com sal e cozinhar coberto, em lume médio, durante pelo menos 30 minutos ou até que o molho seja reduzido. Dissolver o açafrão em um pouco de água quente. A meio da cozedura, adicionar o açafrão dissolvido em água ao molho de tomate.

p>Boilhar o malloreddus em bastante água salgada, drená-los al dente, mantendo uma parte da água de cozedura. Fritar o malloreddus com o molho de salsicha. Desligar o calor. Mexer em algum queijo Pecorino sardo Dop ralado. Deixe-o descansar por um minuto. Polvilhe o prato com bastante queijo Fiore sardo DOP maduro, o que dará a esta receita uma agradável nota fumada. Desfrute da sua refeição!

COM PAIRING: Para uma receita com sabores tão intensos como malloreddus alla campidanese, escolhemos um vinho sardo da província de Cagliari, produzido no campo de Settimo San Pietro pela adega Ferruccio Deiana. O vinho é um “Doc Monica di Sardegna”, é chamado “Sileno” e é feito a partir de uvas “Cannonau”. É um vinho encorpado, com notas de fruta e vegetais maduros, macios e saborosos no paladar.

I like:

I like Loading…

110 Acções

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *