Machu Picchu: Ter acesso livre para menores e mais de 60 anos

A entrada na cidadela de Machu Picchu (Cusco) será livre para menores e mais de 60 anos tanto nacionais como estrangeiros durante o segundo semestre de 2020, como parte das medidas tomadas pelo Governo do Peru para reavivar o turismo interno.

Além de Machu Picchu, a principal atracção turística do Peru, os turistas também poderão visitar gratuitamente, de 1 de Julho a 31 de Dezembro, outros 54 sítios de interesse cultural e 22 áreas naturais protegidas.

A lista publicada na segunda-feira num decreto também inclui outras atracções turísticas, tais como as Linhas de Nasca. Inclui também Caral, a cidade mais antiga da América conhecida até agora, e a cidadela de Kuelap.

p>Terá também o mesmo benefício o complexo arqueológico Huari, na região de Ayacucho, capital do primeiro grande império da América do Sul que precedeu o dos Incas.

Também, Chan Chan Chan, a maior cidade de lama das Américas e antiga capital do Chimu, nos arredores de Trujillo, e mais a norte, na região de Lambayeque, o legado dos Moche e Sipan.

Lê aqui DECRETO LEGISLATIVO Nº 1507

LER TAMBÉM: O governo rectifica-se e elimina o uso obrigatório de luvas nos mercados

LER TAMBÉM: Coronavírus: O número de mortes no país subiu para 1961

p>

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *