In ¡HOLA!: Clara Lago e Dani Rovira, a verdade sobre a sua relação

Ocho apellidos vascos, o grande sucesso de bilheteira de 2014, fez de Clara Lago e Dani Rovira o casal mais popular do cinema espanhol. Catapultou-os para a fama enquanto colocava a sua relação aos olhos do público. Mais uma vez, a realidade tinha ultrapassado a ficção e a sua história de amor saltou do ecrã, concentrando a atenção dos meios de comunicação social que eles nunca procuraram. Pelo contrário, viveram o seu cortejo da forma mais discreta e natural possível, aparecendo juntos no tapete vermelho em momentos muito seleccionados e concentrando-se, acima de tudo, nas suas respectivas carreiras e projectos de caridade conjuntos. Mas, após cinco anos juntos, Clara e Dani decidiram pôr fim ao seu cortejo, como anunciado por ¡HOLA! em scoop em Maio de 2019. Uma separação amigável que lhes permitiria continuar à frente da sua fundação Ochotumbao. A própria actriz, alguns dias após a notícia ter surgido, “avisou” que continuaríamos a vê-los juntos. E foi exactamente isso que aconteceu durante este ano e meio. Eles mantiveram a amizade e foram vistos muitas vezes juntos.

br> se QUER LER O RELATÓRIO COMPLETO, TER O MAGAZINHO DA SEGUNDA-FEIRA NO KIOSK OU COMPRAR AQUI, DISPONÍVEL TAMBÉM DA QUINTA-FEIRA

Esta relação especial de Clara e Dani, que eles nunca quiseram rotular -a qual nunca quiseram rotular – deixando-a aberta à interpretação-, juntamente com o apoio incondicional que a actriz deu ao comediante durante estes meses difíceis de combate ao cancro e as mensagens cheias de “mensagens” que foram trocadas através da Instagram levaram à confusão e especulação sobre a sua reconciliação. O exemplo claro é que, a maior parte das vezes, ainda se fala deles como namorado e namorada. A realidade é que eles não são um casal e nunca mais foram desde Maio de 2019, como ¡HOLA! tem sido capaz de saber de fontes próximas de ambos. Clara e Dani conseguiram o que a maioria não consegue: transformar o amor; adoram-se mutuamente e estão lá um para o outro quando precisam um do outro, porque o que acabou foi a relação sentimental, nunca a amizade. São grandes amigos, “parceiros de vida”, como se autodenominam, mas não estão juntos.

– Dani Rovira faz 40 anos no melhor momento da sua vida, depois de ultrapassar o cancro

Dani disse-o em Fevereiro passado, depois de regressar de uma viagem a Roma que tinha desencadeado todos os alarmes sobre uma possível aproximação: “Somos amigos muito próximos e amigos passam tempo juntos, gosto muito dele, fazemos planos juntos e vamos ver muitas mais vezes. Ele deixou claro que a relação com a mulher que tinha sido sua namorada durante cinco anos era simplesmente de afecto e amizade sincera. Pouco depois, o actor teve de lidar com a notícia mais difícil quando, em Março, lhe foi diagnosticado o linfoma de Hodgkin. No meio da pandemia, o actor enfrentava a sua grave doença e as sessões de quimioterapia dura. E Clara quis estar com ele desde o primeiro momento, ajudando-o e encorajando-o. Como, sem dúvida, ele estaria com ela se precisasse. Foi assim durante todo o processo, primeiro, na proximidade de partilhar essas semanas de confinamento na casa que tem nas montanhas de Madrid (“Vamos lutar e proteger-nos em casa, com os meus três cães e a minha companheira de vida, Clara” escreveu o actor quando anunciou a sua doença a 25 de Março), e depois, à distância, quando a actriz começou a enfrentar os seus compromissos profissionais, observando sempre a evolução da sua querida amiga. E o desejo tornou-se realidade. “Tem sido a grande notícia deste ano”, disse Clara no final de Agosto no Festival de Málaga, onde apresentou Crónica de una tormenta, depois de Dani ter anunciado a sua recuperação após um tratamento duro. “Ele é muito positivo, acredito que o sentido de humor é o melhor remédio, o melhor filtro que se pode ter perante a vida e ele já o provou”.

Ainda a trabalhar em conjunto

Após estes meses, Clara Lago e Dani Rovira continuam as suas vidas separadas com o mesmo afecto que sempre as uniu e trabalhando em conjunto na fundação Ochotumbao, que criaram para canalizar os seus vários projectos caritativos. A actriz, agora loira para requisitos de guião, viajou há algumas semanas para a Argentina, onde está a filmar uma série de televisão; e Dani, que finalmente pôde regressar ao trabalho, rodou o filme Mediterráneo e celebrou o seu quadragésimo aniversário ao voltar ao palco, na sua Málaga natal e com Antonio Banderas como apresentador do teatro Soho Caixabank. Embora com mudanças de horário à última da hora devido à situação, ele foi capaz de colocar, para fins de caridade, o seu monólogo Odio, que será gravado pela Netflix, onde fala abertamente sobre o cancro e, com o seu habitual sentido de humor, mostra a sua visão mais delirante e honesta do ser humano de hoje. “O melhor anfitrião do Teatro Soho e de Málaga quis juntar-se a mim hoje no espectáculo. Obrigado por nos ajudar a fazer com que esta semana acontecesse. Que alegria tê-lo tido hoje nos lugares. És uma inspiração e uma referência”, escreveu Rovira na sua conta Instagram, acompanhada por uma imagem dos dois. “O que está a fazer por Málaga e pela cultura, nunca poderemos agradecer-lhe de todo. O farol de Málaga”. Rovira também brincou com a boa aparência de Banderas: “Cuidado contigo… Odeio-te por me teres tirado vinte anos e pareceres o meu irmão mais novo. Que coragem dás!”

– Mensagem de Clara Lago a felicitar Dani Rovira: ‘Nunca duvidei que conseguisses chegar a tempo’

– Mensagem de Clara Lago a felicitar Dani Rovira: ‘Nunca duvidei que conseguisses chegar a tempo’

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *