Florencia Peña (Português)

Editar

Florencia Peña, nascida em Claypole, aos 7 anos de idade, foi vista pela primeira vez no programa infantil Festilindo. Anos mais tarde, fez a sua primeira grande aparição na televisão, aos 17 anos de idade, em 1992, como membro do elenco seleccionado da minissérie Son de diez, no Canal 13. Antes disso, desempenhou o papel de namorada de Juan Ignacio Machado na novela Regalo del cielo, em 1991.

aparições na televisãoEdit

Depois de actuar em Nosotros y los otros (1989), Clave de Sol (1989), Regalo del cielo (1991) e Son de diez (1992-1995), neste último ganhou popularidade e foi apelidada de “la pechocha”. Continuou com Sueltos (1996), De corazón (1997-98) e La nocturna (1998-99), mais tarde trabalhou em Verano del 98 (2000), Chabonas (2000) e em três capítulos da Tiempo final (um em 2000 e mais dois em 2002), entre outros.

Entre 2001 e 2002 actuou em Poné a Francella, ciclo que a criou como actriz de banda desenhada, e depois estrelou na minissérie Disputas (2003), onde interpretou cenas de sexo. Recebeu um Prémio Martín Fierro como “melhor actriz principal num unitario e/ou minissérie” pelo seu trabalho.

Em 2002, acolheu La Banda de Cantaniño” no Telefe, e no ano seguinte co-organizou com Marley no El show de la tarde.

Desde o início de 2004, protagonizou a versão argentina de A Ama, interpretada na sua versão original por Fran Drescher. O espectáculo altamente classificado valeu-lhe o título de melhor comediante feminina do país. Recebeu outro Prémio Martín Fierro por esta actuação, mas desta vez como “melhor actriz de comédia”.

Entre 12 de Abril e 28 de Dezembro de 2005, após terminar a segunda temporada de A Ama, estrelou em Casados con hijos, a versão argentina de Casados com filhos, ao lado de Guillermo Francella. Após as reprises bem sucedidas da série, uma segunda temporada foi filmada em 2006. Em 2006, recebeu o seu segundo Prémio Martín Fierro para “Melhor Actriz de Comédia”. Em 2007, recebeu a sua terceira nomeação consecutiva nessa categoria, também para o papel de Moni Argento, na segunda temporada. Ao longo dos anos, Telefe continuou a transmitir esporadicamente episódios da série, sempre com sucesso, estabelecendo-se como um clássico da televisão argentina.

Depois de Casados con hijos ter terminado em Dezembro de 2006, estrelou em Hechizada, uma versão argentina do original americano estrelado por Elizabeth Montgomery. Esta nova produção foi também estreada pela Telefe, mas devido às baixas classificações, foi cancelada alguns meses após a sua estreia. Depois regressou à televisão com Marley, liderando o Viaje de Locos, um programa em que percorreram diferentes países e levaram um famoso casal de convidados.

Em 2008, estrelou na comédia Una de dos, juntamente com Fabián Vena e Luis Luque, que foi ao ar de 28 de Janeiro a 21 de Fevereiro de 2008, uma vez que não conseguindo a audiência necessária aspirada pelo canal, foi decidido suspender a sua emissão.

Em 2009, fez uma participação especial em Los exitosos Pells. Nesse mesmo ano, voltou ao papel de anfitriã, em Flor de Palabra, da adaptação do programa espanhol 20Q. Também nesse ano, co-estrelou numa sitcom, Botineras, ao lado de Nicolás Cabré, Romina Gaetani, Isabel Macedo, Gonzalo Valenzuela e Damián De Santo, produzida pela Underground Contenidos e Endemol. Devido a uma queda nas classificações, a comédia mudou de género para um drama criminal, e quando as classificações começaram a subir, Peña deu a notícia de que estava a abandonar o projecto, pois a sua personagem não encontrou lugar no novo enredo, deixando a faixa em Março de 2010.

div>>
Florencia Peña

Durante 2010 ela esteve no Uruguai a filmar a sitcom Porque te quiero así, que estrelou na sua primeira temporada ao lado de Coco Echagüe, Jorge Esmoris, Diego Delgrossi e um grande elenco uruguaio. A sitcom foi ao ar no Canal 10 do Uruguai de 27 de Julho a 2 de Novembro de 2010.

No final de 2010, Peña acolheu o documentário Cuando dije basta, transmitido pela Cosmopolitan Television, que falava de diferentes casos de diferentes mulheres em todo o mundo que tinham sofrido violência doméstica. Peña abriu a sua própria empresa de produção chamada Mar de Fueguitos, que iria estrear o seu primeiro espectáculo chamado Sr. e Sra. Camas em formato de sitcom para o Canal 7. As gravações começaram em Janeiro de 2011, com Peña a estrelar ao lado de Gabriel Goity.

Ela competiu no reality show de dança Bailando por un sueño 2012 apresentado por Marcelo Tinelli, onde ganhou o 4º lugar após seis meses de competição.

Em 2013, apresentou o espectáculo Dale la tarde no El Trece, ao lado de Mariano Iudica.

Peña competiu no espectáculo de imitação de talentos Tu cara me suena 2 apresentado por Marley, onde obteve o terceiro lugar após oito meses de competição.

Em 2017, regressou à televisão protagonizando a comédia Quiero vivir a tu lado.

Filme, teatro e outras participaçõesEditar

No teatro, participou nos seus inícios: En mi cuarto, Blancanieves, Mamá es una estrella, Shakespiriando, Desangradas en glamour (onde estava totalmente nua), Confesiones de mujeres de 30, Grease e Monólogos de la vagina.

Em 2002, actuou em El romance del Romeo y la Julieta e em 2003, em Alicia Maravilla. Em 2005, ela encabeçou a Revista Nacional com o humorista Miguel Ángel Rodríguez.

p>Em filme, ela actuou em Ángel, la diva y yo (1999), ¿Y dónde está el bebé? (2002) e Chile 672 (2006).

Em 2005, apelidou em espanhol a personagem Abby Patosa no filme infantil de sucesso Chicken Little.

Subsequentemente, estrelou durante 2006 e 2007 na peça Sweet Charity, o famoso musical da Broadway. O seu papel e a peça receberam críticas de rave, e tanto a actriz, como o espectáculo e a sua produção ganharam ACE Awards em 2007.

p>A actriz também filmou o filme Dormir ao Sol na província de San Luis, que foi lançado em 2012. Em 2009, estrelou ao lado de Luis Luque, o seu antigo parceiro em Una de dos, na peça Frankie & Johnny en el claro de la Luna, encenada por Leonor Manso.

Em 2010, voltou ao teatro com Un dios salvaje, uma peça com actores da estatura de Gabriel Goity, Fernán Miras e María Onetto. As actuações receberam boas críticas, especialmente a de Florencia.

Na época de Verão 2011-12 estrelou em Cuando Harry conoció a Sally com Raúl Taibo em Villa Carlos Paz. Durante 2012, estrelou ao lado de Pablo Echarri em El hijo de p*#@ del sombrero, mas depois desistiu no final do mesmo ano, e foi substituída por Nancy Dupláa. No ano seguinte, Peña regressou ao teatro musical na peça Vale todo (Anything Goes), que estrelou ao lado de Enrique Pinti e Diego Ramos, no Teatro El Nacional. Depois uma temporada de sucesso em Mar del Plata.

Na época de Verão de 2014-15 estrelou a peça Casi diva, na cidade de Villa Carlos Paz e no Teatro Del Sol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *