A FÉ É UM DONO DE DEUS QUE NOS AFIRMA NA SUA GRAÇA – Verdadeira Riqueza

Deus de sempre que, tal como não fomos capazes de nos salvar da condenação eterna, assim não teríamos a capacidade de preservar aquela salvação que Ele nos ia dar livremente, perderíamos a graça de Deus pela nossa ficção, pois enquanto vivermos neste mundo estamos sujeitos a cometer erros dia após dia. Desta forma, o próprio Deus estabeleceu uma relação entre fé e graça, para que a obra de Deus fosse firme. A salvação que Deus nos dá tem nele implícito o seu cuidado.
Efesianos 2:8
8 Pois por graça fostes salvos pela fé, e isto não é (isto é, não vem de vós) de vós próprios, é o dom de Deus.
Faith é um dom de Deus, não é nosso, é um dom firme, que dá a certeza da salvação, desta forma a salvação depende da fidelidade de Deus e não de nós que somos tão instáveis. Deus diz na sua palavra que o dom da fé é irreversível e irrevogável.
Romans 11:29
29 Pois irrevogáveis (Lit. sem arrependimento) são os dons e o chamamento de Deus.
As crianças não podem ser devolvidas quando são geradas, é isto que Deus quer dizer quando diz que somos feitos filhos de Deus, e isto é um dom irrevogável.
Gálatas 3:23-29
23 E antes da fé chegar, estávamos fechados sob a Lei, confinados à fé que devia ser revelada.
24 Assim a Lei tem sido a nossa tutora até Cristo, para que através da fé pudéssemos ser declarados justos.
25 E tendo vindo a fé, já não estamos sob tutela,
26 pois todos vós sois filhos de Deus pela fé em Cristo Jesus.
27 Pois todos quantos fostes baptizados em Cristo revestistes-vos de Cristo.
28 Não há judeu nem grego, não há ligação nem livre, não há homem nem mulher: pois todos vós sois um em Cristo Jesus.
29 E se sois de Cristo, então sois a semente de Abraão, herdeiros segundo a promessa (→Ro.4.13).
Romans 4:13;16
Faith está perante a lei
13 Pois não foi através da lei que a promessa dada a Abraão ou à sua semente (isto é, à sua semente) de que era herdeiro do mundo (→Ga.3.29) , mas através da justiça da fé.
16 Portanto, a promessa é de fé, para que seja pela graça, para que possa resistir a toda a semente, não só à que é da lei, mas também à que é da fé de Abraão, que é o pai de todos nós (→Ga.3.7).
O Senhor Jesus Cristo morreu por nós na cruz para nos salvar dos nossos pecados, a Sua obra não parou aí, Ele ressuscitou dos mortos, e depois de 50 dias Ele enviou o Espírito Santo residente sobre um grupo de judeus em Jerusalém. A acção do Espírito Santo tem estado em acção nos Seus filhos há quase 2.000 anos, e não só em Jerusalém mas em todo o mundo.
Gálatas 4:6
6 E porque sois filhos, Deus enviou o Espírito do Seu Filho aos nossos corações, chorando, Abba! (Padre).
1 Tessalonicenses 1:5
5 Pois o nosso evangelho chegou até vós não só em palavras, mas também em poder, e com o Espírito Santo, e com grande certeza (isto é, com a fé que só Deus pode dar).
Gálatas 3:8
8 E a Escritura, prevendo que pela fé Deus declara os gentios justos, proclamou de antemão a boa nova a Abraão: Em vós todas as nações serão abençoadas (Génesis 12:3).
Romanos 5:1-2
A justificação do crente
1 Portanto, tendo sido declarados justos pela fé, temos paz perante Deus através do nosso Senhor Jesus Cristo.
2 Por quem também obtivemos o direito de entrar nesta graça em que estamos, e regozijamo-nos na esperança da glória de Deus.
Deus deu-nos o dom da salvação e também nos deu a fé para podermos acreditar naquele dom maravilhoso que não pode ser pago com nada, através da fé acreditamos e alcançamos a graça gratuitamente de Deus. O evangelho implica segurança, caso contrário não pode ser compreendido, nem poderíamos desfrutar da sua paz. A fé e a graça foram-nos dadas por Deus, e infelizmente tudo o que pusemos dentro foi pecado.
<

textos bíblicos retirados da 3ª edição da The Textual Bible.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *